PORQUE TEM QUE SER, VAMOS A CONTAS

Já pode consultar as contas da Junta de Freguesia de Aldeia Viçosa relativas ao ano de 2018 que foram aprovadas na Assembleia de 14 de abril de 2019. 

Pode consultar aqui: Pestação de contas do ano 2018

ADJUDICAÇÃO da CONCESSÃO do BAR da PRAIA FLUVIAL de ALDEIA VIÇOSA

Foi adjudicada a epxloração do bar da Praia Fluvial. O novo arrendatário é o nosso conterrâneo António Curto a quem se desejam as maiores felicidades.

 Percurso Pedestre PR 1 de Aldeia Viçosa

Descarregue aqui o panfleto do percurso ou solicite-o na junta de freguesia ou no comércio local:

  Percurso Pedestre PR 1 de Aldeia Viçosa  

Conterrâneos que combateram na 1ª Guerra Mundial:

  1. António Martins, filho de Manuel Martins e Adelaide Tunica (falecido em combate).
  2. Amaro Jacob, filho de José Jacob e de Cândida Maria;
  3. António de Aguiar, filho de Bernardo de Aguiar e de Maria José;
  4. Francisco Rodrigues, filho de João Rodrigues e de Bernarda Máxima;
  5. João Pais, filho de Manuel Pais e de Maria Joaquina;
  6. José Gonçalves Tapada, filho de José Gonçalves e Maria Rebela;
  7. José Nunes Luzio, filho de Joaquim Nunes Luzio e de Maria Joaquina da Paixão;
  8. Manuel Gonçalves Tapada, filho de José Gonçalves Tapada e de Maria do Patrocínio;
  9. Manuel de Matos, filho de António de Matos e de Ana Joaquina;
  10. Simão Ferreira da Guerra, filho de Francisco Ferreira e de Maria Cândida;

 

Tarifas Sociais

Foi aprovado em Assembleia Municipal de 18/12/2017 o regulamento com as novas condições para usufruir das tarifas sociais para o pagamento das águas no concelho da Guarda.

Encontra o  Regulamento clicando aqui.   

Bem-vindo

Aldeia Viçosa é uma freguesia do concelho da Guarda, estendendo-se sobre a margem esquerda do Vale do Mondego. Conta com cerca de 341 habitantes (2011), com 7,55 km² de área e com uma densidade populacional de 45,2 hab/km². Podemos encontrar vestígios de uma riquíssima história que remonta à época proto-histórica, passando pelos romanos, árabes, senhores feudais, judeus, invasões francesas e muito mais. 

A sua localização geográfica e o seu património cultural, arquitétonico e natural aconselham a uma visita demorada e relaxada.